5 dicas para se organizar e comprar um imóvel:

sda-e1457555812374

Como tudo nessa vida é necessário planejamento, um imóvel envolve recursos financeiros e muitas vezes temos que abrir mão de outras coisas para ter a tão sonhada casa própria.

1) Simule um orçamento doméstico:

Muitas vezes queremos dar um passo maior que a perna e acabamos entrando em dívidas porque não contamos com algumas coisas. A primeira coisa é calcular o orçamento doméstico. Levante todas as despesas fixas e variáveis que teria que arcar. Exemplo: água, luz, internet, TV a cabo, telefonia, alimentação e ainda o que gastará com transporte, saúde, educação, lazer e bem-estar.

2) Reserve dinheiro e economize:

Para se dar entrada em um imóvel é necessário dar uma quantia de entrada, então comece a guardar dinheiro e inicie uma reserva. Vale a pena também verificar gastos supérfluos ou desnecessários, corte gastos e coloque o dinheiro em um poupança ou faça um investimento para aumentar o valor inicial. O planejamento financeiro é um modo de manter o dinheiro na linha.

3) Defina o tipo de imóvel e necessidades:

Essa é uma tarefa muito importante, não agir por impulso. Defina e inclusive escreva em um papel ou arquivo quais seriam as exigências desse imóvel.

a) Tamanho do imóvel?

b) Quantos quartos e banheiros?
c) Terá garagem?
d) Será novo ou usado?
e) Na planta ou pronto?
f) Preço mínimo e máximo que estou disposto a pagar?
g) Farei móveis planejados ou não?
h) Precisa ter algo a mais nesse imóvel? Exemplo: área de lazer, academia, etc.
É importante lembrar que ao se mudar para um imóvel existe itens que não podem faltar na casa: geladeira, fogão e cama são apenas alguns exemplo. Você já possui o que precisa para mobiliar o imóvel ou terá que adquirir? Aqui você pode criar uma planilha com toda essas informações.

4) Pesquise:

Agora que definiu o que quer e quanto acredita que pode pagar, hora de começar a pesquisar. Pesquisar é importante para ter dar um choque de realidade, ver se realmente o que pensou é viável ou não. Pesquise preços, regiões, financiamentos, tudo isso é importante para dar um norte sobre qual a etapa seguir e o que fazer. Faça um comparativo do imóveis para ajudar na decisão.

5) Visite:

Depois da pesquisa você terá que conhecer os imóveis escolhidos. Lembre-se de pedir licença e tirar fotos dos imóveis visitados, ter anotado o nome do corretor e seus contatos para tirar qualquer dúvida, leve a sua listagem das coisas básicas para verificar se realmente tem tudo. Anote perguntas que precisa fazer em todas as visitas:

Qual é a entrada?

Formas de pagamento?
Prazos?
Parcelamentos?
Eu espero ter ajudado. Planeje, se organize e seja feliz!

Fonte: Kalinka Carvalho

 

Esta entrada foi publicada em Mercado Imobiliário. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *